Vestibular com V de Vitória!

16 janeiro, 2013Flávia Frota

 

Raul Frota e Derby Filho – Calouros 2013 Cada um aprovado em três cursos – UFAM e UEA

Aprovados

Acho uma delícia o resultado de vestibular! Não importa o nome que tenha, se ENEM, PSC, SAES, etc. O importante é que conquistar uma vaga em uma universidade pública no Brasil, nunca cai de moda. E quem consegue ser aprovado, merece nossos parabéns e as minhas reverências.Jovens modernos, mas estudiosos, descontraídos e responsáveis, desligados e ao mesmo tempo comprometidos. Essa gente é o futuro e vem fazendo bonito. Fico alegre, orgulhosa, vibro com o sucesso de vocês.

Lembranças

E com tamanha emoção, lá vem a eterna memória… Ontem li: “depois de certa idade que deveria ser chamada de ‘incerta idade’ a gente valoriza muito as lembranças” – Affonso de Romano Sant’Anna. Achei a minha cara! Vocês já perceberam que sou saudosista, às vezes tenho até vergonha de escrever tanto sobre o passado.

Mas se é o que mais me inspira, fazer o que? O importante é não deixar isso dar rumo a nossa vida. E aqui cito um trecho do poema Mãos Dadas de Carlos Drummond Andrade:

Não serei o poeta de um mundo caduco
Também não cantarei o mundo futuro.
Estou preso à vida
O tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes, a vida presente

Então amigos, vamos de mãos dadas, comemorar a vitória de vocês e relembrar um pouquinho como era no meu tempo…

Calouros 1988 e 2013

Um dia desses uma colega da época de faculdade publicou em uma rede social, que tem saudades de quando fomos aprovadas no vestibular. A divulgação era feita pelo rádio, em seguida os jornais publicavam edições especiais com o listão e a comemoração era nas festas de rua dos cursinhos. Ela diz que era muito mais empolgante e animado, eu concordo plenamente.

Como o advento das faculdades particulares estava iniciando – com apenas três opções de cursos disponíveis – e a UEA ainda não existia, havia apenas a opção da UA (hoje UFAM) e de alguns cursos tecnológicos da UTAM – incorporada pela UEA. Então, ou se estudava muito para passar ou perdia-se de vez a chance de ter um diploma de nível superior.

O resultado do vestibular era uma espécie de evento do ano, chegava através de veículos de comunicação diferentes. Os de hoje vêm através da internet e são comemorados com fotos em redes sociais, a cabeça raspada permanece indispensável e atemporal.

Mas a diferença maior está na forma de receber a notícia, na maneira de festejar e obter os parabéns. O resultado final é o mesmo:  sensação de alma lavada, gostinho de dever cumprido, esperança no futuro, alegria do estudante e da família, e o orgulho de ser aluno de uma universidade pública. Uma emoção tão marcante, que a gente não esquece jamais.

Calouros 1988- A Crítica 03/03/1988

Calouros 1988- A Crítica 03/03/1988

É Federal, é Estadual, é Ensino Superior Público

Digam o que quiserem os que não foram aprovados dessa forma, eu respeito, e sei que isso não impede ninguém de ser um profissional bem sucedido. Mas o que quero aqui é resgatar o valor destas instituições, elas ainda são o grande referencial de educação superior no Amazonas e no Brasil, almejadas e admiradas por muita gente.

Fui aluna da UFAM, e apesar de todas as dificuldades, limitações e greves, ela merece nosso respeito, reconhecimento e valorização, assim como a UEA também. E são vocês, novos universitários, que têm a missão de mostrar isso à sociedade.

Vocês venceram, conseguiram passar por um funil que é o sonho de muita gente. Sabemos que muitos candidatos tentam, se esforçam, mas não conseguem, e também temos conhecimento de que a maioria dos alunos não se dedica aos estudos como deveria.

Voltando às recordações, eu havia escrito outro texto, mas os resultados da UEA e UFAM, mudaram o rumo dos meus escritos:

Meu sobrinho Raul foi aprovado de primeira em três cursos – dois da UEA e um da UFAM –  minha sobrinha Maria Fernanda conquistou uma vaga na UFAM – 2012 em sua primeira tentativa.

O Derby, filho da minha amiga Tatiana, também passou em três, e a Hana Bianca – aluna de escola pública – filha da dona Rosa, provou que não existe barreiras nem preconceito  para quem quer estudar e garantiu sua vaga na UFAM.

Com exemplos assim fica claro que não adianta falar bobagens do tipo: os jovens de hoje não leem, não estudam, só vivem no computador, e blá, blá, blá. Ou que o nível de concorrência é mais baixo, por isso é mais fácil passar.

Essa realidade existe sim, e é triste, mas ninguém é obrigado a render-se a ela, e aí estão nossos digníssimos calouros para provar que eles dão conta de ser tecnologicamente antenados e ao mesmo tempo cumpridores de seus deveres escolares, e agora acadêmicos.

O blog Atividade Pensante tem como objetivo estimular a leitura e os estudos, e vocês calouros, são a prova de que esse propósito continua valendo a pena. Parabéns novos acadêmicos, sucesso na universidade e na vida!

Maria Fernanda e Hana Bianca – Calouras de 2012 e 2013

Assistam o vídeo deo com a Marchiha do Vestibular

 –
P.S: Eu ia contar “como era no meu tempo” mas a felicidade e o frescor da juventude de vocês falou mais alto. Então, permitam-me, por favor, mostrar apenas as fotos de jornais que mantenho no meu arquivo pessoal. 

 

Edição Extra – A Crítica – 03/03/1988

Jornal do Comércio – 04/03/1988 – Betsy Bell na foto maior

Maria não teve Piedade dos concorrentes - A Crítica 04/03/1988

Maria não teve Piedade dos concorrentes – A Crítica 04/03/1988

A Crítica 04/03/1988

A Crítica 04/03/1988

Jornal do Comércio – 04/03/1988

Jornal do Comércio – 04/03/1988

A Notícia – 04/03/1988
A Notícia – 04/03/1988

A Notícia – 04/03/1988

Diário do Amazonas – 04/03/01988

Agradeço a minha Tia Cy por ter feito uma pasta com todos 
os os jornais da época. Presente cheio de carinho e emoção!

 

UFAM - PSC - Direito Noturno - 29/12/2011

UFAM – PSC – Direito Noturno – 29/12/2011

Aprovado em três cursos - UEA e UFAM

Aprovado em três cursos – UEA e UFAM

UEA – Engenharia e Odontologia | UFAM – Administação de Empresas

 

UEA – Engenharia | UFAM – Engenharia de Produção e Engenharia Gás e Petróleo